DESTINO: LITORAL NORDESTINO

Atualizado: Jun 21

Em nosso último post sobre os destinos que percorremos, concluímos com alegria nossa travessia do Rio São Francisco em um capítulo muito especial que chamamos carinhosamente de: Velho Chico - da nascente à foz.


Agora avistávamos em nossa frente, pela primeira vez embarcados em nossa casa itinerante, o oceano o que, definitivamente, marcava um novo desafio em meio a areia, dunas, maresia, vento, mangues e falésias...

O roteiro brasileiro mais conhecido, cobiçado e comentado, muito provavelmente, ainda seja o litoral nordestino.


Então o que de NOVO escrever sobre esta região do país?



Ora, estamos falando sobre 9 diferentes estados brasileiros com uma faixa litorânea de praticamente 4.000 quilômetros em sua maioria conectados por estradas federais. Como não ser assunto de uma viagem de carro?

Prato cheio para histórias, paisagens, encontros e descobertas que fizemos em praticamente dois meses partindo de Piaçabuçu no Alagoas e chegando até Barreirinhas no Maranhão.


A primeira impressão logo que nos deparamos com as praias alagoanas foi de que tudo o que conhecíamos sobre litoral seria redefinido naquele mesmo momento, começando pela coloração do mar

Nunca havíamos visto algo semelhante: o azul daquela água era muito mais claro e quase sempre observávamos sombras de corais a poucos metros da areia. Uma caminhada mar adentro era possível e inclusive super recomendável.


Neste contexto, todas as informações sobre condições da maré durante cada hora do dia eram assuntos cada vez mais em alta.


Afinal um dia, quem sabe, poderíamos querer explorar o terreno também de carro, certo?



No litoral nordestino tivemos ótimas oportunidades de praticar o "camping selvagem", além de nos estabelecermos em alguns "ponto de apoio" com estrutura de banheiro, água e/ou energia.


Colecionamos hospedagens inusitadas nesse trecho sendo: 5 quiosques/restaurantes, 3 estacionamentos de pousada, 1 estacionamento convencional de carros, além de 2 locais sem estrutura complementar nenhuma.